Gafanha da Nazaré

Ria de Aveiro

Gafanha da Nazaré

Gafanha da Nazaré é uma cidade costeira e sede de freguesia, do concelho de Ílhavo, distrito de Aveiro. É a freguesia com maior densidade populacional do conselho de Ílhavo com 942,9 hab/km², os seus 15 240 habitantes encontram-se distribuídos por uma área de 16,44 km² (2011). Gafanha da Nazaré encontra-se no extremo norte do concelho, é um importante centro portuário que inclui o Porto de Pesca Costeira e o Porto de Aveiro.

A 31 de Agosto de 1910, por ordem régia de D. Manuel II é criada a paróquia e freguesia da Gafanha da Nazaré que é publicada no Diário do Governo nº 206 no dia 16 de Setembro de 1910. A 29 de Outubro de 1969 é elevada a Vila, e a 19 de abril de 2001 é elavada a Cidade.


História

A península da Gafanha começou a ser habitada no século XVII e em 1758 era já uma povoação com “14 vizinhos ou fogos e 140 pessoas de sacramento”.

No século XIX incrementou-se o povoamento, graças a populações vindas principalmente dos concelhos de Vagos e de Mira, tão necessitados se encontravam de terra para cultivar. E é curioso verificar como o povo da Ílhavo e de Aveiro nunca se interessou pelo aproveitamento destes areais esbranquiçados e estéreis.

Em épocas diversas esta região foi ocupada e reocupada por gentes de usos e costumes variados que se entrosaram nos usos e costumes dos caseiros que por aqui se haviam estabelecido com a ânsia primeira de dominarem dunas teimosas e estéreis, à força de braços habituados a trabalhos duros e de vontades de “antes quebrar que torcer”.

Depois foram os trabalhos nas obras do porto e construção do farol, nos estaleiros e nas secas do bacalhau, nas salinas e na plantação da mata da Gafanha que atraíram esses povos, vindos também do Minho e das Beiras.